Transição imediata para energia limpa conteria mudança climática

Transição imediata para energia limpa conteria mudança climática

Imagine um mundo futurista absurdamente silencioso e limpo, no qual não existem mais motores queimando combustível, 100% movido pela energia do vento, do Sol e da água. Esse mundo seria técnica e economicamente viável já em 2050, dizem pesquisadores americanos — criando 24 milhões de empregos, gastando menos energia do que a que consumimos hoje e evitando milhões de mortes causadas pela poluição. 

As contas que demonstram essa possibilidade, feitas pela equipe de Mark Jacobson, da Universidade Stanford, e seu xará Mark Delucchi, da Universidade da Califórnia em Berkeley, acabam de ser publicadas na revista científica "Joule". Colocando os números no papel, os pesquisadores estimam ainda que essa transição radical em favor das energias limpas seria capaz de evitar que a temperatura global suba mais do que 1,5º C ao longo deste século — uma barreira a partir da qual as mudanças climáticas se tornam consideravelmente mais perigosas. 

Fonte: http://www.gazetadopovo.com.br/ideias/transicao-imediata-para-energia-limpa-conteria-mudanca-climatica-eat05nyhmad188cbghfyge4op