Funcionários se arriscam com escadas no meio do trânsito no Batel; veja vídeo

Funcionários se arriscam com escadas no meio do trânsito no Batel; veja vídeo

Uma imagem tirou o fôlego de quem passava na esquina da Rua Francisco Rocha com a Avenida Batel, perto do Shopping Pátio Batel, no início da tarde desta quarta-feira (23). Por volta das 13h30, funcionários de uma empresa de engenharia de telecomunicações subiram em duas escadas no meio do trânsito, com os carros passando entre eles.

Assista ao vídeo que mostra carros passando por entre escadas

“Foi daquelas coisas que você vê e olha de volta para acreditar que era aquilo mesmo”, relata o analista de sistemas Renan Augusto da Silva, 28 anos, que filmou a cena inusitada. “Qualquer carro que encostasse em uma das escadas derrubaria o cara que estava lá em cima”, complementa.

Silva afirma que não havia nenhuma equipe da Setran acompanhando o trabalho. Ele mesmo ligou para o serviço 156 para alertar do risco.

De acordo com a Constel, empresa responsável pelos trabalhos no cruzamento, as equipes foram enviadas para fazer uma manutenção de emergência nos cabos de telecomunicações na região. “Foi um cabo que soltou por ali, então foi preciso enviar uma equipe rapidamente porque os fios poderiam engatar em algum caminhão ou encostar em um motoqueiro ou pedestre, o que resultaria em um acidente bem pior”, explica o gerente administrativo da companhia, Jaime Alberti.

Segundo ele, os funcionários adotaram toda a sinalização necessária para fazer o desvio dos carros no local, colocando os cones na via para indicar os trabalhos. Contudo, ele explica que o bloqueio das faixas não foi possível porque isso depende da Secretaria Municipal de Trânsito (Setran) e demoraria mais tempo do que o necessário. “Para bloquear, tem que pedir autorização e isso leva entre três e quatro dias. A manutenção era emergencial”, diz. “Essa é uma velha briga nossa com a Setran. Como é algo que dura entre 15 e 20 minutos, fazemos aquilo que é menos arriscado”.

Como as imagens e vídeos mostram, o local realmente estava sinalizado com cones, mas não impediam que os veículos que trafegavam pela região passassem por entre as escadas. Uma delas, inclusive, estava perigosamente inclinada. Questionado sobre a segurança dos funcionários, o gerente administrativo disse que um terceiro funcionário auxiliava as operações segurando a escada.

De acordo com a Setran, o serviço não havia sido autorizado e a colocação das escadas foi feita de maneira irregular. Por causa disso, agentes pediram que a empresa as removessem da via, normalizando o trânsito na região. “A Setran não autoriza este tipo de serviço na via sem a devida sinalização e procedimentos de segurança. O que não foi seguido nesta ocorrência. A empresa será multada”, afirma a pasta em nota.

Após ver o vídeo, a Constel informou que a equipe responsável pela manutenção não seguiu as recomendações de segurança e que tomará medidas disciplinares.